COLUNA E HÉRNIA DE DISCO

O diferencial no CTIDor é que logo após a consulta realizamos o diagnóstico preciso do
nível da dor. Em seguida fazemos o bloqueio guiado por imagem de raio-X no alvo responsável pela dor, exatamente na hérnia de disco ou na faceta é feita a injeção. Com isso, aliviamos a dor de urgência e com o tratamento correto o paciente pode voltar a sua vida normal.

1/13

DIAGNÓSTICOS E TRATAMENTOS

Hérnia de disco vertebral

A hérnia de disco vertebral é a migração do núcleo
com pinçamento e inflamação da raiz do nervo
mais próximo do disco, causando uma dor terrível no nível da coluna onde se localiza a hérnia. Entenda agora os três tipos:


1- A hérnia de disco cervical causa dor na coluna, indo pro braço e as vezes até a mão


2- Hérnia de disco dorsal também é mais uma responsável por causar dores nas costas.

3- Hérnia de disco lombar causa dor na lombar e
nádega indo para as pernas e, as vezes, até o pé. Essa é a chamada dor ciática.

Os melhores tratamentos são: O bloqueio
transforaminal e o bloqueio peridural no nível da hérnia, guiados por imagem de raios-X. Assim o alívio imediato da dor traz o bem estar ao paciente. Nos casos em que isso não resolver definitivamente, temos que fazer o tratamento com nucleoplastia com radiofrequência, discectomia percutânea ou infiltração intradiscal de ozônio.

Tratamentos:

1:  Bloqueio transforaminal cervical, dorsal ou lombar


2: Nucleoplastia com radiofrequência cervical, dorsal ou lombar


3: Discectomia percutânea Disc-FX


4: Ablação de gânglio da raiz dorsal


5: Bloqueio peridural interlaminar


6: Discectomia percutânea automatizada


7: Infiltração intradiscal de ozônio


8: Descompressão discal percutânea por laser - PLDD


9: Discectomia endoscópica

Cervicalgia é dor no pescoço. Cervicobraquialgia é dor no pescoço indo pro braço

A dor da coluna cervical, dor do pescoço e dor na
nuca quando é muito forte e persistente, chama-se
cervicalgia. Quando a dor é no pescoço, indo pro
braço, chama-se cervicobraquialgia. Esse tipo de dor deve ser tratada imediatamente. A solução é fazer um procedimento invasivo de bloqueio da dor.

 

Os melhores são: Bloqueio do nervo da faceta cervical, bloqueio transforaminal ou bloqueio peridural guiado por imagem de raios-X no nível que causa a dor, tendo um ótimo resultado. Assim, o alívio imediato da dor traz o bem estar de volta ao paciente. Nos casos em que isso não resolve, temos que fazer o tratamento de rizotomia com radiofrequência ou nucleoplastia.

Tratamentos:

1:  Bloqueio da faceta cervical


2: Bloqueio transforaminal cervical


3: Rizotomia com radiofrequência


4: Nucleoplastia cervical com radiofrequência


5: Bloqueio peridural cervical


6: Descompressão discal percutânea


7: Infiltração intradiscal de ozônio

Dorsalgia ou dor nas costas

Na dor da coluna dorsal se irradia para o
tórax, quando é muito forte e persistente,
chama-se dorsalgia incapacitante, tendo que ser
tratada imediatamente. Alguns pacientes não
melhoram com a medicação, assim temos que fazer
Procedimentos invasivos para bloquear a dor.

 

Os melhores são o bloqueio facetário e bloqueio
transforaminal, guiados por imagem de raios-X,
assim o alívio imediato da dor traz o bem estar ao
paciente. Nos casos em que isso não resolver

definitivamente, temos que fazer o tratamento com rizotomia com radiofrequência ou nucleoplastia
dorsal.

Tratamentos:

1:  Bloqueio da facetário dorsal


2: Bloqueios transforaminal dorsal


3: Bloqueio peridural dorsal


4: Bloqueio da cadeia simpática dorsal


5: Bloqueio de gânglio estrelado


6: Desnervação facetária


7: Rizotomia com radiofrequência


8: Ablação de gânglio da raiz dorsal


9: Nucleoplastia dorsal com radiofrequência


10: Descompressão discal percutânea


11: Infiltração intradiscal de ozônio

Lombalgia ou dor na lombar e nádegas

A dor da coluna lombar e nádegas, quando é muito
forte e persistente, chama-se lombalgia
incapacitante. Nesse caso temos que ser tratada imediatamente, alguns pacientes não melhoram com a medicação, a solução é fazer o procedimento invasivo de bloqueio da dor.

 

Os melhores são: Bloqueio do nervo da faceta lombar guiado por imagem de raios-X no nível que causa a dor tendo um ótimo resultado. Assim o alívio imediato da dor traz o bem estar ao paciente. Nos casos em que isso não resolver, temos que fazer o tratamento da rizotomia com radiofrequência, discectomia percutânea ou infiltração de ozônio.

Tratamentos:

1:  Bloqueio da facetário lombar


2: Rizotomia com radiofrequência


3: Bloqueio peridural lombar


4: Bloqueios transforaminal lombar


5: Infiltração da articulação sacroíliaca


6: Desnervação facetária lombar


7: Desnervação da sacroíliaca


8: Ânuloplastia com radiofrequência


9: Descompressão discal percutânea


10: Infiltração intradiscal de ozônio


11: Infiltração peridural de ozônio

Lombociatalgia ou dor na lombar indo pra nádegas e pernas

A dor da coluna lombar que vai para perna e pé,
chamada dor irradiada ou ciática. Quando é muito
forte e persistente, chama-se lombociatalgia
incapacitante, tendo que ser tratada imediatamente. Assim temos que fazer procedimentos invasivos para bloquear logo a dor. Os melhores são o bloqueio transforaminal e peridural, guiados por imagem de raios-X, assim o alívio imediato da dor traz o bem estar ao paciente. Nos casos em que isso não resolver definitivamente, depois temos que fazer o tratamento com discectomia percutânea, nucleoplastia com radiofrequência ou infiltração intradiscal de ozônio.

Tratamentos:

1:  Bloqueios transforaminal lombar


2: Nucleoplastia com radiofrequência


3: Discectomia percutânea Disc-FX


4: Ablação de gânglio da raiz dorsal


5: Bloqueio peridural interlaminar


6: Discectomia percutânea automatizada


7: Infiltração intradiscal de ozônio


8: Descompressão discal percutânea por laser - PLDD


9: Discectomia endoscópica

Dor depois da cirurgia da coluna, dor sacroíliaca, cóccix e dor da fratura vertebral

Quando a dor depois da cirurgia na coluna irradia-se para outros membros, podem acentuar dores fortes e persistentes, conhecidas como síndrome pós laminectomia. Nesse caso temos que ser tratada imediatamente, assim temos que fazer logo procedimentos invasivos para bloquear a dor.

Os melhores são: O bloqueio peridural ou bloqueio da faceta guiado por imagem de raios-X, assim o alívio imediato da dor traz o bem estar de volta ao paciente. Nos casos em que as dores persistirem, temos que fazer o tratamento com epiduroscopia ou implante de eletroestimulador, conforme o caso. A dor no cóccix pode ser tratada com infiltrações, e a dor provocada pela fratura do corpo vertebral deve ser tratada de urgência injeção de cimento dentro da vértebra: vertebroplastia ou cifoplastia.

Tratamentos:

1:  Bloqueio peridural interlaminar


2: Epiduroscopia via forame sacral


3: Implante de eletroestimulador medular


4: Infiltração da sacroíliaca


5: Bloqueio de gânglio ímpar


6: Vertebroplastia e cifoplastia


7: Bloqueio da facetário


8: Rizotomia com radiofrequência


9: Implante de bomba de morfina intratecal


10: Bloqueio de gânglio ímpar